h1

3º sessão do Requiem do Paco

17/02/2009

3º sessão de Requiem do Paco

Nessa o Scooby faltou.

Começou com Pablo fugindo da minha casa ofuscado e se enfiando no meio do mato.

Stephen conseguiu fugir atravessando a parede da cela. Athos Foi atrás deles. Mas antes Amelie jogou o charminho dela no cabra que ficou todo apaixonadinho.

Athos acordou Luca do torpor. Depois Luca foi até Amelie tentar convertê-la pra fora da Lancea. Depois foi atrás de Pablo.

Eu fui até o calabouço onde Amelie era mantida refém. Usando a face de seu senhor tirano dei uns pânicos nela. Depois passei a torturá-la constantemente.

Um mês depois Athos volta com o corpo estacado de Stephen. Mando arrancar os braços, pernas e tirar boa parte do sangue. Passei a torturá-lo também.

Amelie passou a usar sua habilidades sedutivas para me fazer crer que ela passara a gostar das sessões de tortura, e que mesmo aterrorizada por mim desejava sempre mais.

Caí na lábia dela e passei a torturá-la diariamente, experimentando diversas técnicas e estudando sua reação. Iniciamos uma relação codependente, a minha única fonte de emoções. Deixava para ela todos dias uma folha e carvão para que escrvesse o que quisesse, ela pedia por torturas e expressava sua dor. Todos esses papéis foram transformados no tomo do terror de Avus e colocados na biblioteca. Depois de um tempo ela me convence a mudá-la para uma sala maior, especial para a tortura dela.

Luca encontrou Pablo no meio do mato. Conversaram e encontraram os nativos, Lobisomens. Ficaram sabendo da lenda do grande espírito maligno do rio Anhanga, que mantinha eles fora da cidade, e que esperavam ele acordar para que houvesse a pancadaria sagrada. Luca volta pra casa.

Luca conta sobre essa maluquice dos lobinhos e sobre Pablo.

Luca parte pra tomar a cidade que os Lancea queriam. Depois encontra Stephen e o diableriza por “vingança”.

Pablo cola na casa de Avus e nós conversamos. Ele conta as maluquices dos lobinhos e eu peço pra ele trazer um pra trocar um lero comigo, em troca disso eu libertaria Amelie.

Descubro da diablerie de Luca e espanco ele. Tomo Chamado de Amelie por ter faltado ao nosso encontro diário. Corro pra lá, abro a barriga dela e corro pela casa segurando seu intestino. Grito por Luca que vem. Pego ele e jogo no lugar de Amelie e ela na celinha antiga. Torturo Luca e dou sermão.

Faço Amelie abraçar um cara. Passo a ensinar ele. Planos maléficos adiante.

Creio q 9 meses passados. Athos e Pablo estãp trocando idéia perto do rio quando o bichão maligno desperta e vai atrás deles. Os dois correm, Pablo chega na minha casa e avisa sobre o bicho, eu preparo a tralha mística pra aprisionar o espírito. O bicho suga sangue ao invés de dar dano. Athos fica correndo e brigando com o bicho, usando suas técnicas bizarras de linhagem. Eu atraio o bicho pra mim fazendo um sacrifício de uma criancinha. Quando ele vem eu tento sobrepujá-lo com meu poder de medo, mas uma força externa me impede, aparecem os lobinhos na minha casa, Athos ainda espanca o bicho. Eu tento novamente e meto medo no bichão enquanto ele me seca de sangue.

Lobinhos e Athos arrebentam o cabra e antes dele pedalar eu o aprisiono num punhal.
Infelismente Athos está totalmente sem sangue e entra em Frenesi, mordendo o lobinho mais próximo. Eu boto uma banca e eles não atacam ele. Athos foge pelas sombras.

Eeeeenquanto isso Pablo safadão pega Amelie devolta, que deixa um último bilhete me zoando.

Os lobinhos exigem reparação [leia-se pancadaria] por Athos ter atacado ele. Eu prometo enviar ele pra eles quando ele voltar. Quando volta, dias depois, mando ele lá consertar o incidente diplomático. Depois ele volta.

Mando ele caçar Pablo e Amelie, matar ele e trazer ela. Athos os acha mas deixa irem. [frouxo].

Amelie fica me mandando cartinhas.

Dez anos se passam. Continuamos espalhando influência pela cidade.

É, não prestei muita atenção nos turnos dos outros. hehe

%d bloggers like this: