h1

“1º” sessão de Cavaleiros do Zodíaco do Tib (eu e os cavaleiros de Ouro)

27/03/2009

“1º” sessão de Cavaleiros do Zodíaco do Tib (eu e os cavaleiros de Ouro)

Eu como Mani de Corvo, Pri como Hanna de Aquario, Magno como Claude de Leão e Dib como Woltan de Escorpião.

Continuação da treta com a Aranha e da sessão de contagem de estórias do Mani.

Hanna já tinha sido designada pra colaborar com a parte mágica do ritual, então já estava lá com o Mani preparando as coisas.

Woltan e Claude são chamados a sala da Mestra. Ela passa pra eles o que vai rolar e manda eles cuidarem da pancadaria e controlar o povo. Detalhe: ninguém podia usar as armaduras pois teriam montes de civis no meio e os cavaleiros ainda são um segredo. A mestra conta dos 3 shamans civis que estão ajudando o Mani.

Woltan volta pra sua casa e encontra Ken (seu discípulo) catatônico sentado na cama. Tenta tirar o cabra do transe mas num consegue, tenta contactar Hanna via cosmo mas nota que o link telepático que eles tem está desligado, coisa que nunca acontece. Woltan deixa um recado pra Ken não sair da casa. Então ele começa a ouvir 3 vozes vindas de Ken. Percebe 3 presenças “possuíndo” Ken. Duas falam em linguas estranhas e outra fala normal. Woltan desencana e vai pro local do ritual.

Claude recebe ordens de não deixar ninguém entrar no Santuário durante o ritual por que a Mestra estará protegendo o bagulho sozinha e fica muito perigoso pra qualquer um. Ele vai até o local do ritual e começa a checar o local. Então nota alguém se aproximando. Fica na miúda e nota que quem quer que seja é bom. Então ele percebe que é seu discípulo Klaus de Cães de Caça. Klaus nota um presença mas não consegue definir exatamente. Claude fica sacaneando Klaus e fica escondido. Quando Claude vai aparecer Klaus ataca, e quando percebe ser Claude segura o golpe explodinho uma árvore próxima e arrebentando o próprio braço no processo. Falam amenidades e começam a cuidar da segurança juntos.

Claude nota um cara chegando no centro do local, Claude deixa Klaus e vai checar. O cara estranho parece trocar de lugar com um cachorro, mija no terreno e sai fora. Claude intercepta, tenta conversar mas o cara dá respostas confusas, depois some. Klaus fica confuso com a atitude de Claude pois ele não tinha visto nada.

Tempo passa e as pessoas começam a chegar. Uns aspirantes aparecem e um deles fica falando abobrinhas sobre a noite de estórias. Claude cola junto e tenta chamar a atenção o mané. O mané começa a causar com Claude tentando botar banca e sem reconhecer Claude o mané diz ser o discípulo de Claude de Leão e mostra sua flâmula desenhada a mão. Claude só olha abismado com a situação. O mané continua a causar e ameaça Claude com seu poderoooso murro de 150kg. Claude num dá bola e o cara ataca, Claude pára no dedinho e o braço do mané quebra em várias partes. O cara sai chorando ameaçando contar tudo pra seu mestre Claude. Os outros aspiras que andavam com o mané ficam pedindo desculpas dizendo não terem nada a ver com o mané e se surpreendem por Claude não ter matado o mané. Claude diz que não é um noite para derramamento de sangue e continua cuidando do perímetro.

Woltan chega e começa a cuidar das pessoas que entram, tromba nuns headbangers escrotos que começam a levar uma com ele. Mó fuzuê, Woltan fica discutindo com os caras, então sente uma mão em seu ombro, dispensa a mão com uma ombrada e continua discutindo com os headbangers. Novamente a mão no ombro, Woltan ameaça arrancar a mão do infeliz que tá lhe enchendo, então percebe ser mestre Miguel (cavaleiro de altar – o “secretário” da mestra) vestido de padre. Miguel convence Woltan a deixar pra lá os manés e continua ali acalmando os manés. Woltan fica organizando as filas.

Então o povo se junta num circulão, mais de 3000 pessoas, Seth toca harpa e Sati uma flauta. Hanna fica dançando, Hugh batucando, mó galera. O povo segue o ritmo com palmas. Ken está lá mas parece outra pessoa. Os 3 shamans trutas ficam dançando, Mani aparece também dançando. Até que uma puta trovãozão irrompe e tudo fica silencioso. Mani olha pra todos presentes e a música recomeça. Mani senta no centro e acende o cachimbão. Fala umas bobagens e começa a contar a estória da Aranha, a foda.

Quando Mani termina de contar a zica começa.

Klaus e Claude começam a ter problemas com seus sentidos. Não enxergam, ouvem, cheiram direito, Klaus cai sem todos seus sentidos. Claude um pouco melhor tira ele de lá. Hanna percebe que foi parar no plano astral e perdeu sau âncora. Mani está caído no chão com os 3 shamans tentando acordar ele. Outra música começa, uma música estranha, todo mundo parece hipnotizado, os headbangers encrenqueiros lideram a música. Woltan tá no meio da galera pronto pra cacetar o que for.

Lascô…

Anúncios
%d bloggers like this: