h1

8º sessão de CdZ Tib

03/07/2009

8º sessão de Cavaleiros do Zodíaco do Tib

Comecei pedindo permissão pro Claude pra sair do Santuário pra fazer umas paradas diplomáticas, mas ele disse que só se a Hanna liberasse, então fui até Dona Hanna. Ela me disse que vai ter que se ausentar por um tempo e o Santuário não pode ficar desprotegido então eu teria que segurar as pontas, então não pude sair.

Woltan e Ken tão tentando fazer alguma maluquice cósmica cheia de dedos, Claude chama a galera, o povo vem rapidim e transfere cosmo pros dois que ficam acabadões depois. Noto uma presença safada nos espionando, então faço um feitiço pra nos ocultar, e peço pra Sati checar os treze pivetes que estão no meu alojamento. Hugh descreve uns símbolos místicos estranhos.

Não conseguimos identificar a origem ou tipo da magia que nos espiona, então eu e Hanna resolvemos reforçar as defesas místicas do Santuário. Noto que a Sati também está sendo observada lá no alojamento, todos corremos pra lá. Woltan, Hugh e eu notamos que os treze pivetes estão marcados por aquela magia safada.

Hanna vai investigar sobre os símbolos que Hugh descreveu, descobre um livro escrito em dracônico. Como ninguém fala essa língua maldita eu pego a Jade de Serpente e tento fazer um contato com o totem Serpente pra ver se ela dá uma força. No plano dos totens trombo o Touro Trovão, ele invoca a Serpentona, ela estressa um pouquinho no começo mas relaxa (ou é intimidada pelo Touro, vai saber). Digo que tão sacaneando a gente usando a língua dela, ela fica bem chateada e mostra pra gente o safadão que tá fazendo a zica toda. Reconhecemos um deles, inimigo antigo já, e mais um maguinho mané. Ela faz uns ugabugas e some com a língua dracônica do mundo já que tavam usurpando ela.

Totem Serpente

Totem Serpente

Anúncios
%d bloggers like this: