h1

3º sessão de D&D do Gabriel

17/09/2009

3º sessão de D&D do Gabriel

Nessa troquei de personagem, deixei o feiticeiro batuqueiro Takunk e entrei com o Monge humano Zavann, que usa pele e máscara de gorila (um fugitivo da porta dos desesperados hehehe). O Rafael voltou com um personagem antigo da mesa, Lord, o cara do machado gigante. Fabrício e Pati (não Tati) não jogaram. Muitas coisas bizonhas rolando nos turnos dos outros pjs que eu num faço idéia então só vou relatar meus turnos mesmo… hehe

Começo andando pelo reino do ar até que uma mina aparece voando com uma capa que vira asas de águia e um lobão do lado. Ela me chama pelo nome, se apresenta como Farawind e diz que tem uma mensagem. Me entrega uma folhona de árvore escrito que precisam de mim no reino do fogo e devo encontrar um cara chamado Lord, o guerreiro da Luz, pra salvar o mundo, e um barco voador me aguarda pra começar a viajem. Topo a encrenca e vou pro barco, magiquices rolando solta, conheço o capitão e fico de boa.
Boggan_Flying_Ship_by_MaxHierro
Durante a noite as pessoas que remam somem, são remadores mágicos, e começa festinha no barco. Fico no canto emburrado, vem um humano anão me encher o saco do por que da minha roupa de pele de gorila mas mando ele passear, depois vem o halfling Alvin junto com o elfo e começam a me pentelhar também, mas mando tudo pro inferno e entro de volta no quarto. Ponho pra cabeça pra fora da janela e fico curtindo a voação.

Vejo um barco pirata se aproximando e colando na gente, corro pra fora e vejo várias caveiras invadindo o barco junto com um grandão de duas cabeças. A galera cai na porrada, eu direciono as pessoas pra dentro do barco e fico protegendo a porta. O duas-cabeças me vê e diz que eu sou o alvo e me acerta um virote de besta, e umas caveiras pra mim. Dum barril pula a Farawind com um porretinho e entra no caminho. Fecho a porta e desço a escada, espero eles se aproximarem da porta e a arrebento na bicuda destruindo umas caveirinhas mas ainda tem várias. Entro na porrada, destruo umas, a Farawind solta uma magia e destrói outras mas eu tropico na escada e caio que nem jaca me arrebentando todo [falhas críticas movem o mundo].

Yo ho ho...

Yo ho ho...

Acordo com o médico me curando, na sala estão todos que tavam na porrada e se arrebentaram. Conversamos, sou mais sociável dessa vez, Farawind diz que tava me vigiando por proteção, depois volto pro meu quarto. Quando chegamos ao nosso destino notamos que estamos em outro lugar, no reino da terra,que a luta deve ter avariado o navegador. Paramos na cidade pra reabastecer, eu fico no barco, Farawind volta e diz que coincidentemente o tal Lord que devemos encontrar tá por lá, então vamos até a taverna que ele estaria. A cidade é encravada na montanha, então o chão é todo disforme, as pessoas cavalgam grandes caracóis que andam de ré. Sim, muito bizarro.Conversamos com o taverneiro e ele diz que o cara saiu e foi falar com o rei do pedaço, diz que podemos mandar uma mensagem mágica pra ele. Pagamos e contatamos o tal Lord. Dizemos que temos que encontrá-lo pois o destino urge e blablabla. Enquanto mandamos a mensagem aparecem dois anões fardados querendo falar com a gente, quando terminamos a mensagem noto que são guardas do castelo real, diz que vai nos levar pro tal Lord.

Somos voados até o castelo e levados até a sala do rei. Já vou direto pro cara do machado gigante, mas me mandam falar com o rei anão antes. Vou e me apresento, o rei chama o Lord e conversamos. Dizemos que fomos enviado pra entrar na missão dele e arrebentar o mal. Ele diz que está caçando uns mortos-vivos fodões e que ainda faltam cinco para serem destruídos. Diz que em breve vai atrás do próximo, então já grudamos na garupa. O rei diz pro Lord que ainda tem que testá-lo na porrada pra ver se fornece a ajuda do reino na missão. Lord é levado pruma arena e um anão mago o enfrenta, Lord arrebenta o tal. Então vem outro anão parrudão e limpa o chão com Lord usando golpes de agarramentos e chaves. O parrudão diz que vai ensinar uns movimentos pro Lord e mostra usando vários caras, travando todos fodamente. Meus olhinhos brilham com tanta chave.

%d bloggers like this: