h1

1º sessão da mesa de Lobisomem do Leo

06/11/2009

1º sessão da mesa de Lobisomem: O Apocalipse do Leo

Werewolf_by_jinkies36
Ainda somos humaninhos bunda em São Paulo e que nem tiveram sua primeira transformação, somos todos alunos (ou quase) da USP. Eu estou com Antares, futuro Roedor de Ossos Philodox, maldito hippie sujo que perambula pelo campus e tem uma mancha de vitiligo em forma de estrela em volta dum olho, tipo o cara do Kiss. Temos Danizinho como Chicão, futuro Fianna Theurge, estudante de astronomia e nerd. E o Foice como Leo, bad boy motoqueiro estudante de mecânica.

hippie01

Antares

Começa comigo passeando pelo campus, trombo umas meninas e depois a galera nerd que inclui Chicão. Falamos abobrinhas, viajo na maionese com teorias malucas, dizem que vai passar um cometa a noite e que vão assistir, viajo dizendo pra nos comunicar com o cometa, mandar fumaça e brisas do naipe. Chicão estranhamente concorda com umas viagens sobre a conexão do homem com a natureza. Uma das minas fica toda perdida no papo zen.

Então chega Leo de motoca, manda eu parar de aloprar todo mundo e me chama pra fornecer erva pra ele, pego carona na moto e vamos passear. Um guardinha camarada para a gente por eu não estar de capacete, Leo fica conversando com o guarda enquanto eu vou embora brisando.

Depois Chicão e Leo descobrem que tá rolando mudança geral nos alojamentos e que os dois vão ficar no mesmo apê, junto com um povo. Colam lá e começam a ajeitar as coisas. Eu ouço falar da mudança no alto-falante, ajudo umas minas a carregar as coisas e fico fascinado por um colar que uma delas tem. Fico falando abobrinhas sobre colares e símbolos, a mina se estressa e sai fora. Volto a andar e vou parar no alojamento de Leo & Chicão, lá os dois discutem sobre quem vai ficar com o quarto que tem janela, até que uma mina se enfeza e diz que eles podem ficar com o dela que tem janela. Fico lá comendo os salgadinhos deles.

Depois da zona eu e Leo vamos pro refeitório descolar um rango. Lugar lotado, acho lugar rapidinho, colo nuns manés aleatórios e fico falando bobagens e enchendo o saco “hippie style” até eles saírem. Ouvimos sobre as festas que vão rolar no dia, sobre umas serem mais fodas que as outras, lanço a idéia de pularmos de festa em festa, de galera, e que vai ser a festa do cometa, vamos passar pelas festas todas aloprando e juntando gente. Logo a idéia tá correndo pelo campus.

Vou dar um rolê e dormir. Sonho com um indião posudo, uma ponte de luz da lua e algo em cima de algo (num lembro o que era). O indião me manda subir e arrumar o troço, eu subo pela luz e arrumo, olho pra baixo e vejo melecas negras envolvendo ele, tento ajudar mas acordo, já de noite, com barulho de festa. Lembro que Leo teve uns sonhos com homens peludos e Chicão também teve coisas assim, mas nem lembro. hehe.

Xavante_by_julioferreira

Será que sonhar com caras grandes, fortes e pelados significa algo???

Vamos pras festas. Numa delas rolando bate-cabeça, Chicão coitado resolve entrar, prestes a ser trucidado Leo chega e a roda abre devido a força do menino. Som rolando, a galera com frescura de ir pra cima, lá de trás eu cutuco um cara e incito ele a ir pra cima, logo outros se juntam ao coro e a onda quebra neles. É, sô ruim. hehe. Uns se arrependem depois dos tapões de Leo, mas continuam, Chicão toma umas mas aguenta, até evita que Leo caia numa hora. Quando a coisa aperta uma mina sem noção entra e tira o povo de cima dos dois, se junta a eles e encara a galera. Mó tensão no ar, eu dou um toque pro DJ colocar uma baladinha romântica pra zoar. Todo mundo relaxa, Leo até chama a mina pra dançar. Festejamos de boa.

Dado momento a mina (que acho que até tinha um nome) menciona que tem uma festa melhor pra gente e nos leva dali. Vamos entrando no  meio do mato, os caras desconfiados e eu já tirando a roupa. Num ponto ela manda esperarmos e vai sozinha, eu nem ligo e sigo pelo mato. Logo ela volta e continua levando os dois. Eu sou pego por um cara grande e peludo cheio de dentes e arrastado pra festa. Somos levados até uma clareira com fogueira e uns manés ao redor. Chega um cara todo pomposo e todos fazem uwolf01ma reverência. Questionamos o que tá pegando, ficam de mistérios e blablabla. Depois de conversas que num levam a nada entramos na onda e ficamos festejando, tomando as cachaças místicas e tudo mais. E paramos por aí.

Anúncios

2 comentários

  1. Não podemos esquecer de mencionar a nossa descoberta, Jesus e um Fianna de rank 2 hahahaha


  2. Tem dom pra andar na água? hehehe



Os comentários estão fechados.

%d bloggers like this: