h1

11º sessão de D&D do mau do Seiya

04/12/2009

11º sessão da mesa de D&D do mau do Seiya

Mais vítimas entraram na mesa. O Dib como Titã, um bárbaro humano. A Pri com algo que num sei o que é. E o Tib com um mago dum castelinho.


Voltando um pouco no tempo, quando eu terminei de fazer o círculo de runas malévolas pro mega ritual de Beshaba. O bárbaro e a “Pri” vão passear montados no dragão azul do bárbaro e acham o círculo de runas, Vão fuçar, então uso uma magia e mando o dragão embora, mas ele joga os dois no chão. O mago de olho na situação interfere e cancela a magia. Nosso camarada dragão de sombra aparece e começa a tretar com o dragão azul deles. Eles vêem um brilho raro no meu pokemon, o Ilo,  e ficam caçando, eu dou no pé e vou pro castelo de Beshaba. O povo fica procurando mas nada. Vão viver suas vidinhas que eu num prestei atenção.

O bárbaro foi resgatar um truta do dragão dele, um meio minotauro meio dragão. Treta com um demônião que mantinha o tal cativo, que aparentemente tava com acordos com Beshaba e completa a parte dele. A “pri” foi levada pelo dragão de sombras pra tirar uma casquinha, o mago aparece, rola umas conversas e seguem suas vidas.

Depois, já no acampamento militar do Acheron, noto que o Ilo anda se dividindo, analiso e fuço mas num resolvo nada. Depois vou passear e vejo uma maluca lendo a sorte do povo, me aproximo e noto que é um avatar de Beshaba. Ela fala umas paradas do que vai acontecer preu me preparar. Diz que quer conversar com a Noriann, digo que armo o encontro. Um cara reclama da demora mas se desculpa depois que percebe que sou eu. Eu jogo uma doença contagiosa nele e saio.

Biscoitos da sorte versão Beshaba

Então começa o encontro das malucas. Junta Noriann, a mãe do Acheron (eu acho), a avatar de Beshaba, as minas espiãs do secto de Shar, e a/o Ilo. Gostosura pra todo lado, e eu no meio. Começam a discutir bobagens e zicas que vão rolar, até rola uma visão do que tá pegando no Abismo, aparentemente o Caos tá aumentando muito. Então deixo a malucas pra lá e vou caosar. Vou pra cidades aleatórias abrir portais pra vazar pra lá o caos que vem do Abismo, até ganho um novo símbolo sagrado de presente da Avatar. Fico alguns dias fazendo isso enquanto o povo faz as coisas importantes. Pessoas descobrem coisas, ganham outras coisas, matam coisas, mas isso eu num ligo, deixa eles serem felizes.

Em breve...

Anúncios
%d bloggers like this: