h1

6º mesa de Exalted do Seiya

21/01/2010

6º mesa de Exalted do Seiya

Nessa o Angelo voltou com o DoL, o robozão, mas sem um braço que ainda não regenerou. E teve a Paula como Lirien, uma Solar flautista e que tava andando com a SDS.

DoL fica sabendo que as duas foram pra direção duma bisonhice cósmica então foi atrás. Chega dando susto nas duas que fogem até que ele consegue segurá-las e conversar. Descobre que Kalini foi morta pela DragonBlooded do Kauê, SDS e Lirien estão indo pruma mina caçar jade branco. Na área tem a bisonhice cósmica, ele pega as duas e voa até a mina pra evitar a área.

Eu vôo de carroça turbo e chego na mina, vejo uma chama prateada de essência pura no meio da montanha, desço pra investigar, acho um templo com escritas bizarras. Vejo o resto do grupo chegando, nos reunimos, contamos as novas e seguimos pelo templo. SDS sente-se estranhamente bem no lugar (mau sinal). Conforme entramos percebo fodamente [13 sucessos…] que o lugar é uma armadilha, cheio de ligações malandras. Passo pro povo, as minas saem do templo, DoL explode tudo dando um curto na armadilha, as minas voltam.

Essêêêêência...

Vamos andando, achamos uma sala com um altar, e uma bolinha de sombras, um espírito. Vou falar com ele e o safado me engloba tentando me corromper. Eu devolvo om favor e tento corromper (ou salvar) ele. DoL dá uns disparos e Lirien faz seus ugabugas que enfraquecem o bicho até que ele é pedalado e some.

Notamos um buraco embaixo do altar, além de caminho pra frente. Discutimos sobre o que fazer, jogamos luz no buraco e vemos que é bem fundo. Percebemos que é uma saída de exaustão, e que fica logo embaixo da chama prateada. Vou lá checar a chama mas num dá em nada. Descemos o buraco e chegamos numa sala enoooorme. Lá acho uns escritos na parede, a história de Luna achando a prata pra tatuar e talz, e lá acho um veio de prata e vou minerar. SDS acha uma caixa, ela sente familiaridade com o local, abre a caixa e acha um chicote legal que ela pega. O povo investiga e acha uma alavanca e uma porta, mas ignoram.

Descem por outro buraco, dessa vez um local mais cavernoso com caminhos, o povo vai explorando até que a coisa começa a esquentar, literalmente, e saem. DoL vai até o fim e acha um veio de lava. Ao que tudo indica o local todo era uma forja que foi abandonada há uns anos. Eles sentem brisas estranhas também. Pra mim estamos dentro de algum bicho bem grande, mas vai saber né, minar, minar, minar…

Anúncios
%d bloggers like this: